• Giovane Ferreira Pereira

Associativismo de Resultados

Atualizado: Jan 15


Por natureza o homem é associativista. Estudos comprovam que na pré-história os "homens das cavernas" já se reuniam em grupos para caçar e sobreviver, e demonstram o quanto o processo associativista foi importante na evolução histórico-social da humanidade.

O associativismo empresarial nasceu na Alemanha, em meados do século XX, quando um grupo de empresas se reuniram com o objetivo de resolver o problema do país quanto à produção de bens.


Com sua eficiência comprovada, o associativismo se espalhou e passou a receber incentivos governamentais para a sua consolidação.


Em 1811, três anos após a chegada da Família Real Portuguesa no Brasil, surgiu a primeira Associação Empresarial na Bahia. Sua fundação tinha por objetivo atender 3 desejos: dos empresários: para terem um local condigno onde pudessem se reunir regularmente e realizar seus negócios; do Vice-Rei do Brasil, VIII Conde dos Arcos: interessado no desenvolvimento da província; do Príncipe Regente, D. João VI: de promover o progresso da Colônia, sede provisória da Corte Portuguesa.


Ser sócio de uma Associação Empresarial traz uma série de benefícios para os negócios e para o desenvolvimento pessoal e empresarial. Aqueles empresários que participam ativamente de uma associação podem perceber isso. Quantos eventos, contatos, cursos e palestras que participam, os ajudam a pensar de forma diferente e melhorar a vida pessoal e profissional.

Associação Comercial da Bahia

Mas, também temos alguns empresários que simplesmente não conseguem perceber as vantagens de fazer parte de uma associação. Aliás, estes possivelmente não perceberiam vantagem em ser associado a qualquer outra instituição.


Talvez, para que possam compreender realmente a importância e o valor de uma associação, seja preciso uma participação mais frequente as suas dependências e aos seus eventos. Para realmente usufruir o que a entidade pode oferecer, talvez seja necessário ter uma postura mais proativa, mas engajada e mais determinada.


Tal qual um clube onde se pagam as mensalidades e não frequentam a sua sede social, piscinas e bailes, uma entidade empresarial parece lhes servir pouco, quando não vão as suas reuniões, palestras, cursos e demais iniciativas.


Com a associação, todos têm mais força e são mais representativos em suas reivindicações. A participação em uma instituição que se destaca pela defesa dos interesses da coletividade, abre portas, facilita contatos, estreita relacionamentos e produz oportunidades.


Logomarca do Sistema Associativista Empresarial

A mensalidade se pagaria sozinha, se tivéssemos como quantificar o valor de cada ação e de cada reunião realizada. Mas, como bons associados (bom no sentido de associado que tira proveito de onde é sócio), todos devem ir além das reuniões. Devem participar da Diretoria, dos núcleos, enviar seus funcionários para os treinamentos e palestras, buscar consultoria especializada e utilizar as soluções disponibilizadas.


Infelizmente pela natureza das atividades empresariais, muitos deixam de usufruir de uma série de benefícios que uma associação oferece. Mas tenham a certeza que o valor da mensalidade, vale o ingresso e muito. Basta saber utilizar.


Giovane Ferreira Pereira - consultor

86 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon

© 2011 Meu Plano

Todos os direitos reservados