• Luiz Antonio Duarte

Sua vida, seu projeto.


"Se te ocorrer, de manhã, de acordares com preguiça e indolência, lembra-te deste pensamento: Levanto-me para retomar a minha obra de homem"... Estas palavras, ditas pelo imperador Romano Marco Aurélio, nascido em 121 da era comum iniciam nossas reflexões neste pequeno artigo sobre nossa vida e, como transforma-la em um projeto.

Quando falamos sobre gerenciamento de projetos, naturalmente pensamos em projetos empresariais, obras, softwares, mudanças gerenciais e organizacionais. Mas, tomando como premissa o conceito de projeto descrito no PMBOK: Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Você concorda que, nosso vida é cheia de resultados exclusivos, objetivos que cabem apenas em nós mesmos e, ainda que tenhamos como base outros projetos ou vidas, nosso resultado pessoal será sempre único e exclusivo?


Proponho um desafio! Vamos transformar a nossa vida em um projeto? Parece um pouco complexo pensar em nossas vidas como um projeto, com metodologia, regras e muito, muito controle, mas é preciso tomar as rédeas de nosso destino, afinal, um barco sem um capitão esta fadado a se perder no mar.


1 - Quem eu quero ser quando crescer?


Você já deve estar cansado de escutar em toda palestra motivacional ou de planejamento estratégico a velha história do gato e da Alice! Um clichê que, por mais simples que pareça, é fundamental para que possamos transformar nossa vida em um projeto de sucesso.


Eu não vou focar nesta parte de formação de metas e objetivos para sua vida, levemos em consideração que você fez todas as reflexões necessárias e tem claro quais objetivos você quer alcançar em sua vida. No gerenciamento de projetos, chamamos este documento de Escopo do Projeto, aqui chamaremos de Escopo de Vida.

Neste documento (sim, pegue um pedaço de papel e anote), você deve registrar quais os objetivos de sua vida, nas mais diversas áreas: profissional, espiritual, pessoal. Estes objetivos devem ser claros e objetivos. Para te ajudar, vou dar 3 exemplos de objetivos:

Objetivo profissional: Ser fluente em inglêsObjetivo espiritual: Viajar para conhecer a basílica de são pedroObjetivo Pessoal: Emagrecer 8 kg


Note que, neste momento os objetivos não tem data para acontecer e não possuem um custo (afinal, tudo custa algo), isso significa que apenas um dos pilares da tríplice restrição (Escopo, prazo e custo) de projetos esta pronto.

2 - Já sei o que fazer! É hora de organizar


Para que nossos objetivos sejam alcançados é preciso que primeiro nós os transformemos em pequenas ações, tarefas para nosso dia a dia que, somadas, nos levem ao nosso objetivo. Para isso, a EAP - Estrutura Analítica de Projetos vai nos auxiliar de forma prática.

Em Gerência de projetos, uma Estrutura Analítica de Projetos (EAP), do Inglês, Work breakdown structure (WBS) é um processo de subdivisão das entregas (objetivos) e do trabalho do projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciáveis.


Na prática, você vai pegar cada um dos seus objetivos e dividi-los em tarefas menores que podem ter prazo e custo para execução.


Seguindo nosso exemplo, vamos isolar nosso terceiro objetivo: Emagrecer 8 kg.

Vamos chamar este objetivo de pacote de trabalho e dentro deste pacote vamos listar as tarefas que devemos realizar para que ele seja concluído. Você pode fazer isso com qualquer ferramenta, desde um software especialista em EAP ou Mapas Mentais ou em um pedaço de papel, não se apegue a ferramentas.



Agora já temos nossas tarefas visualmente dispostas e podemos seguir para o seguindo item da nossa tríplice restrição: Prazo.


Toda tarefa deve ter um prazo para execução.


É comum que o Ser Humano trabalhe melhor sobre pressão, por isso, ter datas ou prazos definidos para suas tarefas é essencial para que você possa colocar em prática suas ações (tarefas) descritas em sua EAP. Para isso, uma das minhas ferramentas preferidas é a agenda do google, com ela você pode colocar suas tarefas nas datas especificas.


Note que, dentro do objetivo Emagrecer 8kg nós dividimos em 2 grandes grupos de trabalho, o primeiro deles, alimentação e o segundo exercícios. Dentro de cada um destes grupos estão as tarefas que você deve colocar prazos! Para registrar seu plano, recomendo uma tabela no Excel ou qualquer outro software onde você pode registrar: Tarefa, Prazo e Custo, por falar nisso...


Toda tarefa tem um custo.


Todas as tarefas que você fará para atingir os objetivos do seu plano de vida tem um custo, muitas vezes este custo é financeiro, mas também pode ser mensurado em horas de dedicação.


Para cada uma das tarefas que listamos em nossa EAP vamos levantar seus custos e registra-lo para sabermos exatamente quanto nosso projeto custara.


3 - Resumo prático


Parece tudo meio complicado, mas em resumo gerenciar nossa vida em forma de projetos é algo simples e prático, precisamos:


1 - Definir nossos objetivos na vida

2 - Fragmentar os objetivos em parcelas menores chamadas de tarefas

3 - Definir prazos e custo de execução dessas tarefas

4 - Executar as tarefas!


E neste momento você esta pensando... Na teoria é tudo fácil, mas como fazer isso envolto a um mundo caótico e cheio de mudanças! Bem! Primeiro, um projeto não é algo imutável, você pode adapta-lo conforme a necessidade e segundo, todos vivem neste mundo, não temos escolhas, o que nos diferencia de sermos medíocres é nossa vontade de sermos melhores e principalmente nossa DISCIPLINA.







15 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon

© 2011 Meu Plano

Todos os direitos reservados